Análise: GP da Austrália de F-1

Imagem

O GP da Austrália tinha tudo para ser de certa forma monótono com a Red Bull largando na primeira fila. Todos se lembram de quantas vezes Vettel saindo na pole, abria uma frente para o segundo colocado não ter o direito de usar a “asa móvel” e caminhar tranquilamente para suas vitórias. Quem não apostaria neste desfecho em Meulborne certo?

Errado, pois o que se viu durante toda a corrida é que pelo menos nesta primeira etapa, a Red Bull não teve um carro dominante e permitiu que as Ferraris acompanhassem Vettel desde as primeiras voltas. Fiquei muito feliz com o desempenho demonstrado pelo brasileiro Felipe Massa que largou muito bem e assumiu a segunda colocação ficando a frente de Alonso e Hamilton.

Alonso bem que tentou ultrapassar Massa antes do término da primeira volta, porém o brasileiro não quis saber de brincadeira e não facilitou a vida do espanhol que só foi conseguir ultrapassar o brasileiro mudando sua estratégia, ou seja, antecipou seu segundo pit-stop para troca de pneus e voltou andando forte. Massa que parou cerca de 4 voltas após Alonso voltou atrás do espanhol e não conseguiu mais ficar a frente. Porém mostrou a Alonso e principalmente a Ferrari que esse ano ele está com uma nova atitude e postura na pista. Parabéns para Massa!!!!

Mas o grande nome da corrida realmente foi o finlandês Kimi Raikkonen que largou na sétima posição e logo já estava pressionando Hamilton pela quarta colocação e, com um carro muito mais na mão, Kimi logo ultrapassou o piloto inglês e foi se juntar ao trio que brigava pela liderança (Vettel, Massa e Alonso respectivamente).

Em uma estratégia diferente dos ponteiros que disputavam a vitória, Kimi foi o único piloto do pelotão da frente a adotar 2 pit-stops para troca de pneus enquanto Red Bull, Ferrari e Mercedes adotaram a estratégia de 3 paradas. Com uma pilotagem limpa e consciente, Kimi foi seguindo sua estratégia e mesmo no final da corrida quando tinha pneus mais gastos que Alonso que tentava de todas as maneiras descontar a diferença para Kimi, o piloto finlandês manteve a distância sob controle para ao final das 58 voltas triunfar de maneira soberana no GP de abertura da temporada com todos os méritos para ele.

Kimi que foi campeão na F-1 em 2007 pela Ferrari, ficou 2 anos distante da F-1 enquanto disputava provas de Rally e algumas etapas na terceira divisão da Nascar, voltou a categoria no ano passado vencendo uma corrida e terminando o campeonato na terceira colocação, apenas atrás de Vettel e Alonso.

Este ano já abre o Mundial com uma vitória e os adversários que se cuidem, pois um Kimi motivado e veloz é difícil de frear. Espero que a Lotus mantenha o desenvolvimento do carro na direção certa este ano, pois vou adorar ver Kimi lá na frente incomodando Alonso e Vettel que assim como o finlandês são os favoritos ao título.

Enquanto isso….

1) A Mclaren realmente foi a grande decepção de todo o final de semana, pois em nenhum momento andou no pelotão da frente e sofreu muito para conseguir chegar nos pontos. Button foi apenas o nono colocado e Perez finalizou em décimo primeiro sem conseguir marcar pontos em sua estréia pela escuderia de Woking. A equipe terá muito trabalho nas próximas corridas para recuperar o terreno perdido. Capacidade a equipe sempre teve de reação, mas sem Hamilton será que vão conseguir?

2) A Mercedes ainda não tem um carro para duelar com Red Bull, Ferrari e Lotus. Hamilton e Rosberg se mantiveram sempre entre a quinta e sexta colocação sem ameaçar os líderes. Nico teve que abandonar a corrida com problemas elétricos e Hamilton que estava em uma estratégia similar de Kimi para realizar apenas 2 paradas, foi forçado a mudar a estratégia para 3 paradas, pois o primeiro jogo de pneus médios se deteriorou rapidamente deixando o carro sem o equilíbrio esperado. Porém conseguiu finalizar na quinta colocação e marcar pontos importantes não só para ele como para a equipe. Vamos ver como a Mercedes se comporta nas próximas etapas.

Bom pessoal é isso. Deixo agora o espaço aberto para vocês comentarem sobre o GP de abertura da temporada 2013 da F-1.

Grande abraço.

Alexandre Costa.

Segue abaixo a classificação da corrida e do campeonato:

Classificação da corrida:

Kimi RÄIKKÖNEN
FIN
Lotus Renault
1:30.03.205
58 voltas
2
2
Fernando ALONSO
ESP
Ferrari
+12.451
3
3
Sebastian VETTEL
ALE
Red Bull Renault
+22.346
3
4
Felipe MASSA
BRA
Ferrari
+33.577
3
5
Lewis HAMILTON
ING
Mercedes
+45.561
3
6
Mark WEBBER
AUS
Red Bull Renault
+46.800
3
7
Adrian SUTIL
ALE
Force India Mercedes
+1:05.068
2
8
Paul DI RESTA
ESC
Force India Mercedes
+1:08.449
2
9
Jenson BUTTON
ING
McLaren Mercedes
+1:21.630
3
10
Romain GROSJEAN
FRA
Lotus Renault
+1:22.759
3
11
Sergio PÉREZ
MEX
McLaren Mercedes
+1:23.367
3
12
Jean-Éric VERGNE
FRA
Toro Rosso Ferrari
+1:23.857
3
13
Esteban GUTIÉRREZ
MEX
Sauber Ferrari
+1 volta
2
14
Valtteri BOTTAS
FIN
Williams Renault
+1 volta
3
15
Jules BIANCHI
FRA
Marussia Cosworth
+1 volta
3
16
Charles PIC
FRA
Caterham Renault
+2 voltas
2
17
Max CHILTON
ING
Marussia Cosworth
+2 voltas
3
18
Giedo VAN DER GARDE
HOL
Caterham Renault
+2 voltas
3
Não completaram:
Daniel RICCIARDO
AUS
Toro Rosso Ferrari
+19 voltas
3
Nico ROSBERG
ALE
Mercedes
+32 voltas
3
Pastor MALDONADO
VEN
Williams Renault
+34 voltas
1
Nico HÜLKENBERG
ALE
Sauber Ferrari
NL
Melhor volta
Kimi RÄIKKÖNEN
FIN
Lotus Renault
1:29.274
volta 56

Pilotos:

Pos Piloto Equipe Pontos
1 Kimi Räikkönen Lotus-Renault 25
2 Fernando Alonso Ferrari 18
3 Sebastian Vettel Red Bull Racing-Renault 15
4 Felipe Massa Ferrari 12
5 Lewis Hamilton Mercedes 10
6 Mark Webber Red Bull Racing-Renault 8
7 Adrian Sutil Force India-Mercedes 6
8 Paul di Resta Force India-Mercedes 4
9 Jenson Button McLaren-Mercedes 2
10 Romain Grosjean Lotus-Renault 1
11 Sergio Perez McLaren-Mercedes 0
12 Jean-Eric Vergne STR-Ferrari 0
13 Esteban Gutierrez Sauber-Ferrari 0
14 Valtteri Bottas Williams-Renault 0
15 Jules Bianchi Marussia-Cosworth 0
16 Charles Pic Caterham-Renault 0
17 Max Chilton Marussia-Cosworth 0
18 Giedo van der Garde Caterham-Renault 0
19 Daniel Ricciardo STR-Ferrari 0
20 Nico Rosberg Mercedes 0
21 Pastor Maldonado Williams-Renault 0
22 Nico Hulkenberg Sauber-Ferrari 0

Construtores:

Pos Equipe Pontos
1 Ferrari 30
2 Lotus-Renault 26
3 Red Bull Racing-Renault 23
4 Mercedes 10
5 Force India-Mercedes 10
6 McLaren-Mercedes 2
7 STR-Ferrari 0
8 Sauber-Ferrari 0
9 Williams-Renault 0
10 Marussia-Cosworth 0
11 Caterham-Renault 0

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s