Daniel Serra vence a etapa de Curitiba na Stock Car

Imagem

Daniel Serra é conhecido na Stock Car por ser um piloto frio, que não mostra emoções. Da mesma forma que é raro vê-lo sorrir, também não é comum vê-lo ceder à pressão. E foi justamente isso o que aconteceu neste domingo (17), em Curitiba. Sem se afobar com o que acontecia na pista, o piloto da Red Bull aproveitou o problema de Allam Khodair – que teve um pneu furado – para conquistar a vitória.

Depois que assumiu a ponta da prova, Serra passou a ser pressionado pelo pole-position Ricardo Maurício. Embora o duelo entre os dois tenha durado até a última volta, o piloto do carro número 29 não se intimidou e seguiu tranquilo para cruzar a linha de chegada e comemorar a quarta vitória da carreira na categoria.

Maurício fechou em segundo, enquanto Thiago Camilo completou o pódio. Valdeno Brito venceu um bom duelo com Cacá Bueno e Ricardo Zonta nas voltas finais, para terminar com a quarta colocação. Max Wilson, Átila Abreu, Sergio Jimenez e Rodrigo Sperafico também estiveram no grupo dos dez primeiros.

Rubens Barrichello voltou a sofrer com toques dos adversários e concluiu apenas em 19º, depois de ter o carro avariado em dois acidentes diferentes. O ex-piloto da F1, no entanto, teve um bom ritmo de prova e chegou a brigar por posições intermediárias.

Embora houvesse a previsão de chuva para o fim de semana, a corrida começou com pista seca em Pinhais. Na largada, Ricardo Maurício dividiu a primeira curva com Daniel Serra, mas conseguiu manter a ponta sem maiores problemas. Rubens Barrichello, por outro lado, tentou ganhar posições pelo lado de fora, mas na hora de fazer a tangencia do S, o brasileiro foi bloqueado por outros carros, precisando cortar a chicane pela grama.

Por causa do toque, o ex-piloto da F1 não só caiu para a 17ª posição, como também ficou com um pedaço da carroceria solta. Entretanto, isso não atrapalhou o rendimento do brasileiro, que em seis voltas já havia recuperado três postos.

Voltando à briga pelas primeiras posições, Allam Khodair superou Daniel Serra na luta pelo segundo lugar, cravando a melhor volta da prova na sequência. Apesar disso, o piloto da Vogel seguia cerca de 1s atrás de Maurício. Um pouco mais atrás, Thiago Camilo e Valdeno Brito se alternaram na quarta posição, com o paulista levando a melhor no duelo.

Quem também vinha rápido era Ricardo Zonta. Depois de perder a sétima colocação na largada, o paranaense não só recuperou o posto como também passou Cacá Bueno no duelo pelo sexto lugar. Ainda falando sobre os pilotos do Paraná, quem não teve boas notícias foi Lico Kaesemodel, já que tanto ele quanto Luciano Burti – ambos da Boettger – foram punidos por queimar a largada.

Barrichello, por sua vez, seguia com a corrida de recuperação. Quando já havia passado Felipe Lapenna, na luta pelo 13º lugar, o ex-piloto de F1 acabou tocado pelo adversário e teve parte da traseira do carro danificada. Assim, o carro número 111 começou a perder rendimento, já que a carroceria raspava no pneu, fazendo com que todas as posições recuperadas fossem novamente perdidas.

Imagem

Para tentar consertar o carro, a equipe Full Time manteve Barrichello na pista até a décima volta – a primeira da janela de reabastecimento. Assim, quando o carro alviverde se dirigiu aos boxes, não só colocou mais combustível como também fez os reparos necessários. Quem também parou na primeira volta da janela foi o líder, Ricardo Maurício, além de Serra e Valdeno Brito.

No retorno à pista, Maurício perdeu tempo para segurar Serra. Enquanto isso, Khodair fez uma volta voadora e, após a parada no 11º giro, o paulista voltou à pista na primeira colocação. Para piorar a situação do piloto da RC, ele não só perdeu a segunda posição para Serra como também passou a ser pressionado por Thiago Camilo.

Quando a sequência de paradas terminou, Khodair aparecia na liderança, com quase 2s de vantagem para Serra. Maurício, Camilo e Valdeno apareciam na sequência.

Na volta 19, toda a vantagem de Khodair terminou. O piloto da Vogel teve o pneu traseiro esquerdo furado e foi obrigado a retornar aos boxes para fazer a troca. Com isso, Serra assumiu a primeira colocação, mas com Maurício se aproximando perigosamente em pouquíssimas curvas.

O piloto da Red Bull, porém, não se intimidou com a pressão e apertou o ritmo para abrir uma pequena vantagem de 1s5 na liderança. Faltando apenas duas voltas, Maurício grudou no adversário, mas Serra conseguiu bloquear as investidas para receber a bandeirada na frente e comemorar a quarta vitória da carreira na Stock Car.

Ricardo Maurício foi o segundo, seguido por Thiago Camilo, Valdeno, Cacá e Ricardo Zonta. O grupo dos dez primeiros ainda contou com Max Wilson, Átila, Sergio Jimenez e Rodrigo Sperafico. Sofrendo de uma possível hepatite, Julio Campos fez uma boa prova e fechou em 11º. Rubens Barrichello foi o 19º, depois de sofrer diversos toques.

Stock Car, Curitiba, final:

1
Daniel SERRA
SP
Red Bull
Chevrolet Sonic
42:15.571
31 voltas
2
Ricardo MAURÍCIO
SP
RC
Chevrolet Sonic
+1.598
3
Thiago CAMILO
SP
RCM
Chevrolet Sonic
+2.882
4
Valdeno BRITO
PB
WA Mattheis
Peugeot 408
+6.042
5
Cacá BUENO
RJ
Red Bull
Chevrolet Sonic
+6.445
6
Ricardo ZONTA
PR
RZ 
Chevrolet Sonic
+7.069
7
Max WILSON
SP
RC
Chevrolet Sonic
+11.090
8
Atila ABREU
SP
AMG
Chevrolet Sonic
+11.720
9
Sérgio JIMENEZ
SP
Voxx
Peugeot 408
+16.119
10
Rodrigo SPERAFICO
PR
Mico’s
Peugeot 408
+21.543
11
Júlio CAMPOS
PR
Mico’s
Peugeot 408
+22.962
12
Tuka ROCHA
RJ
RZ 
Chevrolet Sonic
+26.709
13
Denis NAVARRO
SP
Voxx
Peugeot 408
+31.167
14
Nonô FIGUEIREDO
SP
AMG
Chevrolet Sonic
+31.459
15
Galid OSMAN
SP
RCM
Chevrolet Sonic
+35.233
16
Popó BUENO
RJ
WA Mattheis
Peugeot 408
+43.028
17
Lico KAESEMODEL
PR
Boettger
Peugeot 408
+57.017
18
Allam KHODAIR
SP
Vogel
Chevrolet Sonic
+57.915
19
Rubens BARRICHELLO
SP
Full Time
Chevrolet Sonic
+1:02.095
20
Fábio FOGAÇA
SP
Vogel
Chevrolet Sonic
+1:03.015
21
Marcos GOMES
SP
Carlos Alves
Peugeot 408
+1:03.324
22
Rodrigo PIMENTA
SP
Gramacho
Chevrolet Sonic
+1:05.159
23
Luciano BURTI
SP
Boettger
Peugeot 408
+1:05.409
24
Vitor GENZ
RS
Gramacho
Chevrolet Sonic
+1:10.355
25
Felipe LAPENNA
SP
Hanier
Peugeot 408
+1:11.263
26
Raphael MATOS
MG
Hot Car
Chevrolet Sonic
+1:13.701
27
Alceu FELDMANN
SP
Full Time
Chevrolet Sonic
+1 volta
28
Ricardo SPERAFICO
PR
ProGP
Chevrolet Sonic
+1 volta
29
David MUFFATO
PR
Carlos Alves
Peugeot 408
+1 volta
30
Duda PAMPLONA
RJ
ProGP
Chevrolet Sonic
+1 volta
31
Beto CAVALEIRO
SP
Hanier
Peugeot 408
+1 volta
32
Patrick GONÇALVES
BA
Bassani
Peugeot 408
+3 voltas
33
Wellington JUSTINO
GO
Hot Car
Chevrolet Sonic
NC
34
Diego NUNES
SP
Bassani
Peugeot 408
NC

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s