Análise: A Coragem para sair da Zona de Conforto

Imagem

Hoje em dia é cada vez mais comum notarmos que a grande maioria das pessoas após conquistar uma certa e considerável posição financeira e social se acomodem e acabem entrando na tão conhecida e famosa zona de conforto.

Quando você decide dar uma basta e sair da comodidade, algumas vezes fazendo mudanças que venham a causar espanto para todos a sua volta, é comum ser criticado e acharem que você não vai ter sucesso, pois até então era como se o mundo girasse a seu favor. A partir do momento que você se dispõe a isso, é óbvio que se correm alguns riscos realmente, mas é aí que entra a sua coragem para encarar isso ou não.

Um exemplo que me pegou de surpresa no ano de 2012 foi a mudança do piloto inglês Lewis Hamilton da equipe Mclaren para a equipe Mercedes. Hamilton teve toda a sua carreira bancada e gerenciada desde a infância pela Mclaren e, foi através dela que o sonho de chegar a F-1 se tornou realidade no ano de 2007.

Em sua temporada de estréia, Hamilton chegou a estar com uma mão na taça, mas por motivos obscuros para mim até hoje (isso faço questão de explicar em uma outra ocasião), nas últimas 2 etapas cometeu erros que até então não havia cometido e acabou ficando com o vice-campeonato. Porém nada mau para um estreante na categoria máxima do automobilismo mundial.

Em 2008, Hamilton conquistou o título da F-1 e, nas temporadas seguintes sempre levou a Mclaren em posição de destaque mesmo não tendo conquistado mais títulos. Aí o que o menos entendido de F-1 poderia pensar quando Hamilton começou a negociar seu futuro em 2012? Que o mais natural seria ele continuar na Mclaren, pois a equipe inglesa havia terminado a temporada em alta vencendo as duas últimas corridas e sempre o apoiava mesmo em momentos críticos certo?

Errado, pois Hamilton cansou de ser mimado, de ser controlado, de estar envolvido sempre com as mesmas pessoas, ou seja, de estar na zona de conforto e, resolveu dar um basta em tudo isso fazendo as malas para a equipe alemã Mercedes. Quando a informação se tornou pública, choveram críticas de toda a mídia especializada que a escolha feita pelo piloto inglês seria de insucesso e que ele não teria maturidade para conduzir a Mercedes ao caminho do sucesso e das vitórias.

Em partes a mídia estava com certa razão, pois ao contrário da Mclaren, a Mercedes desde o seu retorno a F-1, só havia vencido uma corrida e, a equipe estava muito longe de fazer parte do pelotão da frente e, de estar brigando sempre por poles e vitórias enquanto na Mclaren, Hamilton sempre teve carros muito bons com exceção de 2009 e mesmo assim venceu corridas e conquistou poles. Além disso, o estilo de pilotagem sempre muito agressivo de Hamilton acabavam ocasionando acidentes desnecessários fazendo com que ele perdesse oportunidades de ter conquistado mais títulos pela Mclaren. Será que sem um carro capaz de ser vencedor ele iria ter sucesso realmente?

Resumo o que está ocorrendo com Hamilton em 2013 com a seguinte expressão: “Perdas, Trocos e Ganhos”.

“Perda” terrível para a Mclaren que sem Hamilton e com grandes problemas em seu carro não consegue nem de longe repetir o desempenho dos anos anteriores sem ter feito nada de bom até o momento.

O “troco” de Hamilton a todos que criticaram a sua mudança para a Mercedes, pois se mostrou a escolha certa, pois enquanto a Mclaren caminha para trás a Mercedes avança.

Os “ganhos” vieram para Hamilton em 2013 até o momento com 5 poles-positions, 1 vitória e todas as etapas completadas até o momento, mesmo tendo sofrido com um desgaste absurdo de pneus no GP da Espanha tendo finalizado apenas em décimo segundo. Porém a maior vitória está sendo a coragem de ter saído da zona de conforto e estar colhendo os frutos de sua coragem de mudar.

Que esse exemplo de Lewis Hamilton nos sirva de lição para usarmos em todo e qualquer momento de nossas vidas, quando acharmos que é a hora de mudar e sair da comodidade habitual do mundo atual.

Grande abraço.

Alexandre Costa.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s